Domingo, 17 de Fevereiro de 2008

“O Sonho mais Doce” de Doris Lessing

livrosNeste livro, somos conduzidos por uma saga familiar que atravessa três gerações, com todos os seus problemas e conflitos de uma vida em família, centrando-se o enredo, sobretudo, na década de 60. Recuando até 1914, é nos apresentado Philip Lennox e a sua noiva Júlia, tendo como pano de fundo a I Guerra Mundial. Do casamento entre ambos nasce um filho, Johnny, que se tornará um comunista muito activo que se irá casar com Frances. Na década de 60 a casa é habitada por Julia, a austera dona da casa, e a sua ex-nora Frances, que tem de cuidar sozinha dos seus dois filhos adolescentes outrora abandonados pelo pai, Johnny, e de uma horda de amigos e conhecidos que eles trazem consigo, personificando o espírito de liberdade prevalecente na Inglaterra de então. Ocasionalmente, também, aparece Johnny, filho de Julia e ex-marido de Frances, que um dia lhe deixa a cargo Sylvia, a filha problemática da sua nova mulher que sofre de problemas de anorexia, mas que acaba por vingar na vida. À mesa onde estas personagens se sentam, também há lugar para o sonho. Mas, por detrás desse sonho, há um preço a pagar pelas ilusões. Esta obra é um retrato de três mulheres coragem – Júlia, Frances e Sylvia – que aborda temas característicos de várias épocas como a guerra fria, a guerra do Vietname, as drogas, o surgimento da Sida em África, a anorexia e a depressão.
Opinião acerca da obra:
 
O Sonho mais Doce é um romance notável, talvez dos meus preferidos até hoje. Retrata pormenorizadamente as relações entre as pessoas, a beleza, o interesse e o vigor pela justiça e pelo bem, e complementado com as virtudes, defeitos, brilhantismo, paixão, ideais e a visão das personagens que confere à obra um cariz filosófico, perspicaz, divertido, enérgico, que aborda uma verdade universal, a capacidade de dar e receber rematado com o ideal de uma sociedade perfeita. Um romance marcado pelo sonho e pelo preço que há a pagar pelas ilusões, pelas relações e pela ajuda. Um livro emocionante que todos deveriam ler, pois apura a nossa capacidade de percepção em relação aos outros.
Bárbara Patrão
 
publicado por novosnavegantes às 23:11
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Ela canta, pobre ceifeira

. Trabalhos realizados no â...

. Trailer-Homens Há Muitos

. Semana da Leitura: Sessão...

. Francisco Salgueiro na BE...

. Trabalhos realizados no â...

. "Praia da saudade" de Fra...

. Semana da Leitura: Progra...

. Francisco Salgueiro: entr...

. Concurso Nacional de Leit...

. "Chovem papéis"

. Serão de Memórias - Escol...

. Serão de Memórias -Escola...

. Serão de Memórias - Escol...

. Semana da Leitura: Sessão...

.arquivos

. Setembro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Outubro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

.tags

. todas as tags

.links


Contador web
Visite nosso site Gifs Lily
blogs SAPO

.subscrever feeds